Notícias

Lipoenxertia ou prótese de silicone? Qual a melhor técnica para aumentar o bumbum?

O bumbum é indiscutivelmente uma preferência nacional, mas curiosamente a gluteoplastia não aparecia entre as cirurgias plásticas mais procuradas pelas brasileiras. A situação, no entanto, vem mudando nos últimos cinco anos.

O cirurgião plástico Humberto Pinto confirma a tendência e afirma que a cirurgia para aumento do bumbum acaba sendo o último recurso de mulheres que, antes, tentaram outras técnicas para conseguir mais volume na região, como exercícios físicos localizados, mas não alcançaram o resultado desejado.

Entre os procedimentos para conquistar o bumbum perfeito estão a lipoenxertia e a prótese de silicone. Mas qual deles é a melhor opção? Humberto Pinto afirma que a opção mais procurada é a prótese de silicone, que além de aumentar o volume da região também melhora a flacidez. “O formato pode ser oval ou arredondado, depende do corpo e da altura do paciente”, explica o médico.

O volume colocado varia de acordo com cada necessidade, segundo o cirurgião plástico Jefferson Vaccari. “Gira em torno de 300 a 400ml”, diz ele. Já o pós-operatório da prótese de glúteo é um pouco trabalhoso. “Sentar diretamente sobre a prótese pode deslocá-la. Recomendamos aproximadamente quatro semanas sem sentar diretamente sobre os glúteos e duas semanas sem andar de salto alto”, completa o médico.

Enquanto isso, a lipoenxertia consiste na retirada de gordura de outra parte do corpo e sua aplicação no bumbum para aumento e contorno dos glúteos. O resultado, no entanto, é mais discreto que o silicone. “Outro porém é que apesar de oferecer uma recuperação mais rápida e simples, a gordura, às vezes, pode ser absorvida pelo organismo, fazendo com que o procedimento precise ser repetido no futuro”, destaca Humberto Pinto.

Para o cirurgião Jefferson Vaccari, o que atrai na lipoenxertia é a aparência natural, remodelagem de outras áreas com gordura em excesso e pós-operatório mais tranquilo do que o aumento com a prótese.

Os cirurgiões aproveitam para fazer um alerta sobre os perigos e contraindicações da aplicação de substâncias como o hidrogel e o PMMA, mais conhecido como metacril, para aumento dos glúteos. Esses produtos podem causar infecções graves e até a morte do paciente. “Nunca é demais lembrar que qualquer procedimento de cirurgia plástico só deve ser feito por um médico especialista. O Título de Especialista em cirurgia plástica assegura a qualificação e formação científica do médico”, ressalta Humberto Pinto.

menu
menu